Estação Envelhecimento 4.0

Esta estação “Envelhecimento 4.0” é a estação que terá ao longo dos anos práticas e metodologias diferenciadoras orientadas para os novos comportamentos sociais e humanos, visando assim perceber como e quando podemos integrar novidade, inovação ao serviço de um envelhecimento emocionalmente positivo.

Partindo de uma abordagem pedagógico-musical ativa, presente em cerca de cinquenta países dos cinco continentes: Orff-Schulwerk – união pedagógica de palavra, música e movimento/dança , a presente proposta procurará, no quadro da estação de aprendizagem “Abordagens para um Envelhecimento 4.0 – agEIS PsicoSoma”, partilhar momentos de criação e fruição estético-artística, aos quais se encontram associados relevantes aspetos do defendido (e desejável) envelhecimento ativo, positivo, produtivo e saudável.

Alinhamento temático da Estação Envelhecimento 4.0

Tendo presente uma das mais significativas conquistas do pensamento pedagógico-musical da segunda metade do século XX – entender a pessoa humana como núcleo vivo e ativo do processo ensino / aprendizagem e reconhecer a superioridade espiritual e humanista da Educação Musical – a abordagem Orff-Schulwerk pressupõe uma perspetiva de criação e fruição permanente, combinando Palavra (expressão rítmico-linguística), Música e Movimento / Dança (Cunha, et al., 2015).

As atividades práticas (grupais) a desenvolver (Música e Dança do Mundo), terão por base esta linha de pensamento e ação, sendo devidamente fundamentadas em literatura de referência, a qual será apresentada, analisada e discutida, unindo Theoria e Praxis. Neste particular, destaque para o ‘MoMEuM – Modelo Multidimensional de ‘Eu Musical’ (Cunha, 2013), sua conceção e relevância na Idade Sénior (Cunha, 2018).

Co Criador “João Cunha” ver o perfil aqui

Duração “2 horas

Anúncios